EFEITOS DA ADESÃO AOS NÍVEIS DE GOVERNANÇA DA BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO NA QUALIDADE DA INFORMAÇÃO CONTÁBIL

Autores

  • Gustavo Amorim Antunes Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças
  • Aridelmo Teixeira Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças
  • Fábio Moraes da Costa Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças
  • Valcemiro Nossa Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças

Palavras-chave:

Governança corporativa. Conservadorismo contábil. Relevância das informações contábeis. Oportunidade contábil

Resumo

O presente trabalho investiga a relação entre governança corporativa e qualidade contábil, utilizando os níveis diferenciados de governança corporativa da Bolsa de Valores de São Paulo (NDGB) como proxy para a primeira e modelos de oportunidade, relevância e conservadorismo para avaliar a última. Os dados brasileiros foram coletados na base Economatica, para o período 1996- 2006, e processados em painel balanceado. De modo geral, a pertinência aos NDGB não afetou a qualidade contábil, nem quando se testou a adesão específica ao novo mercado. Os resultados, além de amparados por controles estatísticos e amostrais, mostram-se compatíveis com diversas pesquisas brasileiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

Antunes, G. A., Teixeira, A., Costa, F. M. da, & Nossa, V. (2011). EFEITOS DA ADESÃO AOS NÍVEIS DE GOVERNANÇA DA BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO NA QUALIDADE DA INFORMAÇÃO CONTÁBIL. Advances in Scientific and Applied Accounting, 3(1), 109–138. Recuperado de https://asaa.anpcont.org.br/index.php/asaa/article/view/8

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)