CONDUTA ÉTICA DOS PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE NO BRASIL: A PRÁTICA DA PARRHESIA

Authors

  • Maria Thereza Pompa Antunes Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Octavio Ribeiro de Mendonça Neto Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Hilmi Erdoğan Yayla Ankara University (Ankara, Turkey)
  • Rodrigo Takashi Okimura Universidade Presbiteriana Mackenzie

Keywords:

Professional Ethics. Parrhesia. Accountant. Accounting Information.

Abstract

Este estudo aborda a atitude ética individual do profissional brasileiro de contabilidade baseando-se nas ideias de Foucault sobre a prática da Parrhesia que se constitui na atividade de falar a verdade em termos de Franqueza, Verdade, Perigo, Crítica e Dever. Envolveu 239 contadores do Estado de São Paulo. Os resultados obtidos, através de uma análise fatorial, permitiram identificar três constructos que caracterizam o Modelo Genérico da Prática da Parrhesia desses profissionais. Consideramos que a prática da Parrhesia é uma questão relevante para a prática profissional a ser explorada no ensino da contabilidade, principalmente no momento atual da contabilidade brasileira que passou a exigir do contador uma maior utilização de juízos de valor frente às escolhas contábeis ampliando, assim, o campo para práticas no limite da legalidade.

Downloads

Download data is not yet available.

How to Cite

Antunes, M. T. P., Mendonça Neto, O. R. de, Yayla, H. E., & Okimura, R. T. (2013). CONDUTA ÉTICA DOS PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE NO BRASIL: A PRÁTICA DA PARRHESIA. Advances in Scientific and Applied Accounting, 5(3), 377–404. Retrieved from https://asaa.anpcont.org.br/index.php/asaa/article/view/110

Issue

Section

ARTIGOS

Most read articles by the same author(s)